terça-feira, 30 de junho de 2009

P194-(mais) Aniversários

Mais uma referência a aniversários....
O nosso tertuliano e amigo José Rodrigues Firmino fez também anos ontem, dia 29 de Junho. Foram 62 lindas primaveras que ele fez o favor de me recordar.
Amanhã pois, teremos duas festas numa só.
Pessoalmente acho isso uma "batota" e devíamos proibir estas festas de dois em um.. é que ficamos muito prejudicados.
Já no outro dia, com a do Custoias e a do Xico Allen em simultâneo se viu isso.
Depois temos aquelas cenas quase obscenas de ve-los a cortar o bolo de mãzinhas entrelaçadas, qual casalinho enamorado... que no minimo e para a nossa idade são chocantes!!!!
Amanhã conto convosco para discutirmos este "preocupante" assunto.
Um grande abraço para o Firmino em meu nome pessoal e em nome de toda a tabanca de Matosinhos....e amanhã lá o esperamos no Milho Rei....

sábado, 27 de junho de 2009

P193-Aniversários

O nosso amigo Silvério Lobo, que vemos aqui em pose artística junto às pipas do Carvalho em Medas vai fazer 60 "lindas primaveras" imagine-se quando.... na próxima quarta-feira...
Nesse dia, vamos ter pois festa rija, com bolo e espumante geladinho.
Não faltem, malta, pois a festa promete.....ah! E claro... não se esqueçam da tradicional prendinha.... que à medida que vamos para velhos estamos cada vez mais mimalhos...

quinta-feira, 25 de junho de 2009

P.192 - As Razões de Uma Troca (em imagens)

Descortinado à ultima da hora e em face das naturais limitações que a presença do nosso Tertuliano mais velho cria, (refiro-me obviamente ao meu pai, Rolando, subitamente chegado do Brasil), consegui passagem com direito a jantar, animação, bailarico e vista privilegiada do fogo de artifício num dos barcos turísticos do Douro

Sem pretender justificar a minha ausência na terça à noite no Milho Rei, que muito lamento, mas para que se possa compreender as razões desta troca, aqui vos deixo algumas imagens elucidativas….


Acreditem meus amigos que toda à noite pensei em vós….. eh eh eh!!!!







Ainda não tínhamos embarcado e o aspecto já prometia... qual sardinhas assadas qual carapuça. Era um porco inteiro e dos grandes!!!




Começou-se por um Porto de Honra de boas vindas e de seguida "abriu-se as hostilidades" com esta magnífica mesa...

Ele era vinhos do Douro (não tão bons como os do Zé Manel, claro!) ele era Porto tinto e branco, cervejas, aguardentes... bem ..confesso que às tantas lhe perdi a conta....




O bailarico estava no auge

E o fogo começa por de trás do Mosteiro da Serra do Pilar.. que espectáculo

















E.... vejam o que sobrou..... que isto de cantar dar com o martelo abre o apetite que se farta

video

segunda-feira, 22 de junho de 2009

P189-Ter estilo em todas as situações


Nunca lhes deu para andarem de luvas e óculos rayban?

Falta de estilo.

A Manutenção Militar tinha-os às carradas. Era só requisitar.

Mesmo nas situações mais complicadas, como nas deslocações de heli com o Comandante Chefe, era preciso manter a imagem (não me refiro, evidentemente, às porcas travessias das bolanhas, ou quando se gritavam palermices sob o ataque IN, ou quando se gemia miseravelmente após vários dias no mato...) - A. Marques Lopes

domingo, 21 de junho de 2009

P188-Do Interior da Revolução

No passado dia 18 de Junho deu-se o lançamento deste livro no Norte. Foi na Biblioteca Municipal da Maia. É um trabalho elaborado a partir de uma longa entrevista realizada, entre 1992 e 1995, para o Projecto de História Oral do Centro de Documentação 25 de Abril da Universidade de Coimbra.

É mais uma das dezenas de entrevistas feitas por este Centro de Documentação e que contribuem para a reconstituição da história do real vivido.

Disse Vasco Lourenço na apresentação do livro que não será toda a história mas é a que ele viveu por dentro. Posso não concordar com alguma da sua visão dos factos, mas é, sem dúvida, um documento indispensável para compreender os factos, os encontros e desencontros do processo revolucionário que levou ao 25 de Abril.

A. Marques Lopes

quarta-feira, 10 de junho de 2009

P186-Os resistentes


Estes são os verdadeiros resistentes..

Apesar do feriado, apesar do mau tempo, apesar da crise, apesar das medalhas do Cavaco.. apesar... O Marques Lopes, o Zé Teixeira, eu e a minha cara-metade lá estivemos

Quarta é dia de sardinha assada e pronto....

A tambanca esteve representada... e as sardinhas (e que sardinhas) lá se comeram.

A tradição foi cumprida.

Alvaro

domingo, 7 de junho de 2009

P184-desfazer as confusões

Um dos nossos mais queridos e assíduos companheiros de tertúlia na Tabanca de Matosinhos tem sido este simpático casal.
O Dr. Fernando Giesteira Gonçalves e a D. Joaquina Silva, sua simpática esposa.
Praticamente não falham à quarta feira e não raro, vêm acompanhados de gente ligada à Guiné, quer ex-combatentes quer naturais de lá.
Ele é médico e vai abrir em breve uma clínica em Bissau com a ajuda da esposa que corajosamente o irá acompanhar desde a primeira hora.
Gente simpática, afável e sobretudo dotada de grande humanismo, basta relembrar como têm vindo a acompanhar o processo de auxilio às crianças da Clínica Pediátrica de Bor.

Há dias olhando para a foto abaixo que vinha publicada num destacável que é publicado todas as quartas feiras pelo Correio da Manhã diz surpreso: -Olha... eu estou aqui com os majores.
Logo um coro se fez ouvir ..Oh Dr. tem a certeza? olhe que esse é o Alferes Mosca que fui morto juntamente com os majores. Ele não desarma e reafirma: desculpem, este sou eu, tenho a certeza. O Mosca foi-me substituir uns meses mais tarde à data desta foto ter sido tirada; o Mosca nem na Guiné estava nesta altura. Era eu que fazia parte do CAOP e ele foi-me substituir por ter chegado ao fim a minha comissão.
Bom...foi a estupacção total..tem vindo a ser propalado que esta foto reunia os quatro massacrados mas afinal não.
Só agora é que o Dr. Giesteira viu esta foto porque habitualment não vai à inernet e muito menos ao Blogue do Luis. Doutra forma, já teria obviamente desfeito o equívoca há mais tempo .





Fica aqui desfeita a confusão pois já na altura da primeira publicação da foto no Blogeue do Luis quem o fez não estaria seguro quanto à identidade do alferes que nela aparecia.
Assim se vai fazendo História meus caros.
Álvaro Basto

P183- Mais caras novas nas nossas quartas

Pois é. Vamos finalmente quebrar o silêncio.
Os motivos já passaram e por isso vamos retomar as lides de ir trazendo a todos vós que lêem isto, noticias das nossas actividades, tal como nos propusemos inicialmente.
A tabanca de Matosinhos continua dominada inteiramente pela camaradagem e boa disposição das nossas quartas-feiras no "Milho-Rei" e das suas sardinhas assadas, que finalmente começam a ficar mesmo boas..
Como todas as semanas esta não foi excepção e caras novas apareceram para, ao vivo, experimentarem aquela sã camaradagem a fazer lembrar outros tempos.
Desta feita de Bula, vieram o José Manuel Gonçalves , à esquerda e o Manuel Novais, à direita


Veio também o ex-capitão do Zé Teixeira, Eduardo Moutinho Santos que vemos aqui assinar o nosso quadro de honra instigado pelo Zé Teixeira



Seguem-se mais algumas fotos do almoço.
Foi, como não podia deixar de ser, mais uma quarta muito animada e brilhantemente rematada por umas cerejas da Quinta da Sra. da Graça com que o nosso querido Zé Manel nos quis presentear.



Até para a semana camaradas que apesar de ser feriado o Milho Rei não fecha, por isso muitos de nós lá aparecerão religiosamente, tenho a certeza.